Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘desempregado’

house_cefQuero aproveitar o recente pacote de habitação do Governo Federal para falar um pouquinho sobre imóveis.

Em março, Lula anunciou a construção de um milhão de moradias para a população de baixa renda. Ele não deu um prazo exato de quando as casas estarão prontas – para ninguém ficar enxendo a paciência dele com cobranças 🙂

Sem deixar de ser uma propaganda do governo para as próximas eleições (2010), o programa “Minha Casa, Minha Vida” também é uma medida de socorro no combate à crise. Muitos empregos (cerca de um milhão e meio) serão gerados e muito dinheiro (R$ 60 bilhões) – por meio do crédito, empréstimos e financiamentos – vai circular no mercado, o que é sempre bom para a economia.

Os principais beneficiados com o programa são as famílias com renda entre 0 e 3 salários mínimos (até R$ 1.395). Elas vão pagar uma prestação mensal equivalente a 10% do salário, durante dez anos. Para se cadastrar, basta ir a uma agência da Caixa com os documentos listados na cartilha disponível aqui.

Para ser sincera, eu acho que o programa só é grandemente vantajoso para as famílias dessa faixa de renda.

As famílias com renda entre 3 e 10 salários mínimos (até R$ 4.650) não terão subsídio no valor do imóvel. Apenas contarão com descontos nos juros, custos de cartório e taxas que podem reduzir em até R$ 23 mil o valor final. A entrada é opcional e o pagamento pode ser em até 30 anos – 360 vezes. O titular também pode usar o FGTS como parte do pagamento. Basicamente, não muda muita coisa do programa de financiamento que a Caixa já tinha antes.

Por tudo o que eu já li em livros sobre finanças pessoais, o financiamento quase eterno – como o famoso da Caixa – não é forma mais econômica de adqurir sua casa.

Vou conversar sobre isso no próximo post, ok?

Se quiser saber mais sobre o Programa Minha Cassa, Minha Vida, visite a área Habitação do site da CEF e clique na imagem da casinha do lado esquerdo do site – ou vá pessoalmente a uma agência.

Anúncios

Read Full Post »

car_money1Todo mundo precisa. Hoje é impensável alguém não ter carro. Qualquer coisa que se queira fazer fica super difícil sem carro. Tirar a habilitação é praticamente o mesmo que aprender a nadar ou a andar de bicicleta. Em nossos dias, é uma coisa mais que necessária, quase obrigatório.

Mas o carro precisa vir na hora certa. Certa vez, lendo Pai Rico, Pai Pobre emprestado por meu amigo René (brigadinha!) aprendi uma daquelas lições óbvias que a gente só presta atenção quando ouve alguém importante dizendo: “Você tem de fazer crescer seus ativos e não seus passivos”. Falei grego? Cara, é mais simples do que a gente pensa.

Segundo o livro:

Ativo é tudo o que GERA renda. O que traz mais dinheiro para o nosso bolso.

Passivo é tudo o que COME nossa renda. Leva nosso dinheiro embora.

Agora perceba: muita gente diz que comprar um carro é investir em alguma coisa. Mas o seu carro já lhe deu algum dinheiro? (mais…)

Read Full Post »

Como havia prometido no post “O bicho do desemprego tá pegando”, vamos falar um pouquinho sobre o que se deve fazer, caso a crise já tenha feito você ser demitido.

Primeiro, como você deve pensar:

– Coloque na sua cabeça: você não é o único, não foi sua culpa, você não é incompetente, nem trabalha mal. O rôdo passou geral, milhares de pessoas foram mandadas embora em consequência da crise – milhões de desempregados no mundo.

– Importante: não se desespere. Apesar dos assustadores números, os empregos voltarão ao normal em aproximadamente um ano. Isso é o que eu acredito e tenho lido de especialistas por aí. Não custa nada torcer para que aconteça realmente.

Agora, como você deve agir:

– Dê entrada no seu seguro-desemprego. Mas preste atenção: muita gente acha que o seguro-desemprego é um benefício para te fazer receber grana sem precisar trabalhar e, por isso, fica esperando até a última parcela do seguro para COMEÇAR a procurar outro trabalho. (mais…)

Read Full Post »